quinta-feira, 10 de julho de 2008

Maria Estrela

.
Olha para o alto
Para o céu, Maristela
Desvia tua íris deste chão de asfalto
E procura qual estrela é mais bela

Verás que nessa vida tudo está ligado
Mesmo estando separado
Que tudo é tão próximo e tão distante
E certas coisas tão minúsculas, outras gigantes

Olha mais uma vez para o alto eu insisto,
Lá está teu coração, Maristela
Esquece essas mazelas, tudo isso é finito
E o que é realmente belo já está à nossa espera

Olha essa imensidão
E fita-a com calma da tua janela
Descobrirás que nesse universo não existe solidão
E que nenhuma estrela brilha como tu, Maristela



Eduardo C. Mendonça

2 comentários:

du3pba disse...

rollings,
gostei do texto, da musicalidade e do ritmo!
grande abraço e muito r&r
bill

Fernanda Nucci disse...

Agente cai em cada buraco nessa net...

Quer devolver o meu espelho? Você é um estranho e aqui está escuro demais!
...............
Eu tenho medo do desconhecido quando ele reflete em um pedaço de mim que mesmo eu mal conheço.

bahhh